Σεξουαλική συμπεριφορά των γυναικών της Βραζιλίας !!!

comportamento sexual da mulher brasileira

A Revista Vip encomendou essa pesquisa para saber mais sobre os padrões sexuais das mulheres brasileiras. Eles consultaram via internet 1 193 mulheres entre 18 e 35 anos do país todo. O resultado está abaixo: um detalhado estudo cheio de surpresas


blog personale

Look: Red skirt!

http://www.ultragirl.com.br/

Και o Παράδεισος τόσο κοντά … Brazil !

PAU DE ARARA

Sacudidos, batidos, chaqualhados. Um onibus directo a nenhures. Estradas estruturantes em asfalto quebrado. Carnaúbas despenteadas na paisagem monótona. A chuva cai. Povoados molhados em tijolo cru. Casas sem portas.= [σπίτια χωρίς πόρτες ] Janelas sem vidros. Uma rede na sala. Gente sentada. Cadeiras brancas em plástico de jardim. Assembleias de Deus. Vendas de fruta. Lanchonetes. Varais corridos de roupa sortida. A paisagem passa imutável e triste. O onibus pára. A cidade de Fortaleza fora cinco horas atrás. Corremos ao chichi. Cajús e cocos. Mochilas e malas. O Pau de Arara arranca. Mais uma hora pelas picadas. Olhos desorbitados. Dentes cerrados para não morder a língua. Passamos Acaraú, Jijoca… De repente, a praia. Um mar bravo e ameaçador. Areia maciça. Dura. Lixo marítimo vindo do off-shore. Bancos de metal. Costas massacradas. Um céu plúmbeo. Pejado de água. Uma sede constante. E o Paraíso tão perto…

Και o Παράδεισος τόσο κοντά … Brazil !

PAU DE ARARA

Sacudidos, batidos, chaqualhados. Um onibus directo a nenhures. Estradas estruturantes em asfalto quebrado. Carnaúbas despenteadas na paisagem monótona. A chuva cai. Povoados molhados em tijolo cru. Casas sem portas.= [σπίτια χωρίς πόρτες ] Janelas sem vidros. Uma rede na sala. Gente sentada. Cadeiras brancas em plástico de jardim. Assembleias de Deus. Vendas de fruta. Lanchonetes. Varais corridos de roupa sortida. A paisagem passa imutável e triste. O onibus pára. A cidade de Fortaleza fora cinco horas atrás. Corremos ao chichi. Cajús e cocos. Mochilas e malas. O Pau de Arara arranca. Mais uma hora pelas picadas. Olhos desorbitados. Dentes cerrados para não morder a língua. Passamos Acaraú, Jijoca… De repente, a praia. Um mar bravo e ameaçador. Areia maciça. Dura. Lixo marítimo vindo do off-shore. Bancos de metal. Costas massacradas. Um céu plúmbeo. Pejado de água. Uma sede constante. E o Paraíso tão perto…

Και o Παράδεισος τόσο κοντά … Brazil !

PAU DE ARARA

Sacudidos, batidos, chaqualhados. Um onibus directo a nenhures. Estradas estruturantes em asfalto quebrado. Carnaúbas despenteadas na paisagem monótona. A chuva cai. Povoados molhados em tijolo cru. Casas sem portas.= [σπίτια χωρίς πόρτες ] Janelas sem vidros. Uma rede na sala. Gente sentada. Cadeiras brancas em plástico de jardim. Assembleias de Deus. Vendas de fruta. Lanchonetes. Varais corridos de roupa sortida. A paisagem passa imutável e triste. O onibus pára. A cidade de Fortaleza fora cinco horas atrás. Corremos ao chichi. Cajús e cocos. Mochilas e malas. O Pau de Arara arranca. Mais uma hora pelas picadas. Olhos desorbitados. Dentes cerrados para não morder a língua. Passamos Acaraú, Jijoca… De repente, a praia. Um mar bravo e ameaçador. Areia maciça. Dura. Lixo marítimo vindo do off-shore. Bancos de metal. Costas massacradas. Um céu plúmbeo. Pejado de água. Uma sede constante. E o Paraíso tão perto…